Você já deve ter lido um texto, em qualquer rede social que seja, que te fisga, e que, quando você chega ao final dele, você está convencido por ele. Bate aquela sensação de “caramba, eu nunca tinha analisado dessa forma, acho que serve pra mim”. Essa é a ideia do “copy” (texto), te convencer de algo ou a fazer alguma ação. 

Essa técnica, quase tão antiga quanto o próprio marketing e que tem seus primeiros vestígios antes mesmo de 1900, é chamada de “copywriting”.  Dentro deste universo, temos o copywriter, o profissional responsável pela produção de conteúdos focados na conversão, ou seja, que guiam o leitor a uma ação específica.

Seus textos são altamente persuasivos e podem levar a audiência a comprar um produto ou contratar/assinar um serviço. Hoje é utilizado por muitos tanto em plataformas Online como Offline. Os infoprodutos são os que mais utilizam dessa técnica, pois não possuem nenhum contato no mundo físico com o cliente, tudo é feito de modo online, sendo assim, ele precisa criar uma credibilidade com a sua persona para que a mesma faça a ação.

E, as perguntas que você deve se fazer neste momento são “Eu consigo atrair meu público por meio de palavras?”, “Eu consigo fazer conversões e vendas por meio de um texto?”. Se a resposta tende a ser negativa, é hora de rever o uso estratégico das palavras na construção do texto e buscar se inserir dentro do universo de Copywriting,  com um conteúdo que possa fazer a diferença na sua estratégia de vendas.





Faça agora um orçamento rápido conosco, o sucesso do seu negócio não pode esperar.

Voltar ao Topo

26 pessoas online no site agora
Venha fazer parte do Clube Esquilo Marketing